Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008

Renováveis fora de horas

Painel solar. Foto: absentmindedprofAinda não é hoje que vai poder fazer o registo para produzir energia e passar a vender aos outros, o conceito apelidado “renováveis na hora”. Quando se previa que o arranque fosse dado hoje, às 12 horas, o aviso que agora está na página da Direcção-Geral de Energia e Geologia indica que será apenas no final do mês de Março que os consumidores vão poder começar a produzir energia, solar ou eólica. Se já comprou o equipamento ou está a pensar investir cerca de 18 mil euros num painel fotovoltaico – excluindo IVA a 12 por cento e despesas de deslocação – que aproveite as quase 3000 horas solares anuais em Portugal, terá de esperar que o Ministério da Economia consiga pôr em marcha o novo Sistema de Registo de Microprodução. Dionísio Henriques, responsável de energias renováveis da empresa instaladora dos equipamentos solares Moreme, afirma que “só quem não conhece a Direcção-Geral é que não estava à espera” deste cenário.
Quem quiser tirar partido do Sol vai ter que pagar uma taxa de 250 euros pelo registo que será feito através de um formulário electrónico no sítio da DGEG, possuindo depois 120 dias para instalar o painel solar e conseguir que lhe seja concedido um certificado de exploração.
Terá a possibilidade de produzir electricidade à tarifa fixada pelo governo para os próximos 5 anos, 650 euros por megawatt-hora, o que pode significar uma receita anual na ordem dos 3500 euros, ainda que a tarifa vá diminuindo conforme vá aumentando a produção. No final de 5 anos, quando já poderá ter quase 17 mil euros, o governo reverá a tarifa de energia eléctrica e a tendência será para reduzir o preço que os produtores recebem. Contudo, neste cenário, o investimento inicial deverá estar coberto no sétimo ano e, até 2023, ano em que terminaria o regime bonificado, o novo produtor-consumidor poderá ter bons resultados durante 8 anos. Além disso, tem a possibilidade de uma dedução no IRS até 777 euros do valor do painel solar. Nuno Alexandre Silva

Pesquisa Carteira

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags