Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

3 Acções Estupidamente Baratas

Guarde o pânico para momentos oportunosPara quem tem dinheiro no bolso à espera de bons investimentos, ainda bem que se está em pleno mini-crash. É nestas alturas que surgem os melhores investimentos de sempre. Naturalmente, é preciso alguma confiança para comprar quando todos querem vender. Deixe o pânico para momentos mais oportunos. Se também anda em busca de acções estupidamente baratas, a Carteira dá-lhe uma ajuda e sugere-lhe 3 mimos.

1. Sonae SGPS
Por terras lusas, a Sonae SGPS é a que se apresenta como um dos melhores descontos. As acções da sociedade liderada por Paulo Azevedo desvalorizaram 37,88 por cento desde o início do ano. Porém, é pouco provável que as pessoas deixem de ir comprar os seus alimentos aos hipermercados Continente e supermercados Modelo, o principal negócio do grupo, apenas porque há uma crise financeira. É por isso que os analistas estimam um crescimento de 10 por cento das vendas em 2008.

2. Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo
A Sabesp, como é conhecida, é a maior companhia de água do Brasil, tendo mais de 25 milhões de clientes em 367 municípios do estado de São Paulo. Além de distribuir água, a Sabesp é responsável por esgotos. Apesar de não ser monopolista, todos os contratos municipais deverão ser renovados. "A empresa deverá beneficiar dos novos regulamentos aprovados pelo congresso brasileiro e do ambiente económico positivo, incluindo a queda das taxas de juro", dizem os analistas da Zacks . Mesmo depois de ter apresentado um ambicioso plano de investimentos, os analistas da Bear Stearns disseram que a empresa pode chegar a distribuir 95 por cento dos lucros, o que significa que a rendibilidade anual do dividendo pode ultrapassar os 10 por cento.

3. Air France-KLM
É preciso coragem para investir numa transportadora aérea quando o barril do petróleo está a cotar perto dos 90 dólares. Porém, isso não é verdade se os administradores estiverem precavidos, como é o caso da Air France-KLM , a maior companhia aérea do mundo. Cerca de 80 por cento do combustível a consumir no exercício de 2007-2008 custará 66 euros, enquanto no período seguinte será cerca de 69 euros, graças à protecção no mercado de futuros.
Apesar de haver protecção, a lei de gravidade também actuou sobre as acções da Air France-KLM : os títulos caíram cerca de 45 por cento no último ano. Em consequência, as acções compram-se pelo equivalente a 3 anos e meio de lucros, o que é realmente muito baixo. David Almas
10 comentários:
De Anónimo a 4 de Fevereiro de 2008 às 09:59
Primeiro que tudo parabéns pelo Blog. Na minha opinião é sempre uma mais valia principalmente para os pequenos investidores poderem trocar opiniões.

Quando se referem às accções da Air-France-KLM
"as acções compram-se pelo equivalente a 3 anos e meio de lucros, o que é realmente muito baixo"
Estão a referir-se aos dividendos?

Um Abraço
Cumprimentos
De Carteira.pt a 4 de Fevereiro de 2008 às 16:51
Não, queremos dizer que os lucros por acção dos últimos 4 trimestres quando multiplicados por 3,5 vezes dão o valor da cotação. Em termos médios e históricos, esta relação ("price earnings ratio", rácio preço-lucros PER ou P/L, como preferir) andou em torno de 25 vezes para as 500 maiores empresas europeias durante os últimos 10 anos...
De Pedro a 31 de Janeiro de 2008 às 17:43
Argumentar que um título está "barato" só porque "desvalorizaram 37,88 por cento desde o início do ano" sem qualquer fundamentação teórica ou de análise de fundamentais não me parece coerente.
Imagine que estamos num "bear" market. É natural que os títulos vão fazendo mínimos quase todas as semanas... Para os bargain hunters que não olham para os fundamentais: há um velho ditado em Wall Street que todos devemos ter em mente: "Don't catch a falling knife".
Para ser sincero, como não fiz nenhuma análise, não sei se estão ou não baratas. Este comentário serve só para melhorarem a argumentação no futuro e não dar a ideia que têm muitas Sonae em carteira :)
Um título português que parece undervalued é o BPI. Esse analisei, e não, não tenho em carteira. Não fosse a miséria em que se encontra a Banca nacional a nível de supervisão e de auditoria de contas (creative accounting) então estaria a preparar-me para rechear a carteira de BPI's. Veja-se a dividend yield (mais de 5%) e um PER de um dígito, aliado a um crescimento de dois dígitos nos resultados...
Um conselhor para os desatentos: Tenham atenção aos resultados contabilisticos, em especial, dos Bancos pois é-lhes permitido esconder prejuízos em reservas e dar ideia à "saciedade" que o Banco está com resultados de fazer furor e que os Gestores são o máximo; quando na verdade olhando bem para as contas se vê que tudo resulta de marketing nos resultados do ano para enganar os mais desatentos... E assim se conseguem grandes cargos noutros Bancos...

Felicidades para o Blog,
Pedro P.
De Carteira.pt a 31 de Janeiro de 2008 às 18:00
Não dizemos que a Sonae está barata "só" porque a acção caiu 37,88 por cento. Antes de escrever, avaliámos as 3 empresas. Só quisemos explicar que a queda foi efectuada num claro momento de pânico.
Para quem conhece a revista Carteira: se a estratégia das Boas & Baratas fosse executada hoje, a Sonae estaria entre as eleitas.
E não: o autor não tem acções da Sonae no portefólio. Ainda...
De Pedro a 31 de Janeiro de 2008 às 22:20
ok. explicações aceites. Não conheço a rubrica nem as ideias subjacentes...
Comentei apenas de acordo com os dados que estavam no blog.

Felicidades para a revista/blog,
Pedro P.
De AC Investor Blog a 24 de Janeiro de 2008 às 23:26
Boa Noite,

Gostaria por favor que aprofunda-se melhor o seu comentário na barateza da Sonae, pois parece que ainda n se lembra que no último Bear Market a acção chegou a cotar 0.35 centimos, e mesmo nessa altura as pessoas ir ao Continente e Modelo fazer compras. A queda da acção desde o inicio do ano pode ser um bom incentivo á recompra mas não está estupidamente barata.......

Um abraço e parabéns pelo blog.

AC
De Carteira.pt a 31 de Janeiro de 2008 às 17:55
Se tivesse comprado acções da Sonae a 0,35 euros em Setembro de 2001 teria ganho mais de 400 por cento até hoje, contando com os dividendos. Nessa altura estavam baratas. Hoje também estão, porque a Sonae de 2008 não é a mesma Sonae de 2001.
De Miguel a 23 de Janeiro de 2008 às 12:06
Eu acrescentaria a Portucel, EDP, Banif e Soares da Costa às "baratas".
Parabéns pelo Blog e bons investimentos.
De Sergio Dias a 23 de Janeiro de 2008 às 11:10
Apenas uma curiosidade que se passa no mundo do transporte de carga por via aérea. A KLM é a companhia aérea Europeia com a sobretaxa de combustivel mais baixa a aplicar a consignamentos entre Portugal e restantes países da UE. Eur 0,45/Kg face Eur 0,80/Kg praticado por toda a concorrência, inclusivé da AF que faz parte do Grupo. Cump Sérgio Dias
De João Duarte a 23 de Janeiro de 2008 às 10:03
Muito bom. Análise simples e útil. Parabéns pelo blog! abr. joão duarte

Comentar post

Pesquisa Carteira

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags