Segunda-feira, 3 de Março de 2008

Aplique brilho ao seu dinheiro

O ouro valorizou 24% desde Setembro. Foto: Celeste33O abrandamento económico e a inflação crescente podem transformar o ouro no investimento mais brilhante de 2008. Com Ben Bernanke a sinalizar que tudo fará para estimular o crescimento económico da maior economia mundial, os investidores têm receio que o presidente da Reserva Federal norte-americana descure a inflação e estão refugiar-se no valor do metal precioso que tende a valorizar em épocas de incerteza económica.
"Os investidores estão a usar o metal precioso para se protegerem da inflação e da queda-recorde do preço do dólar. Metais como o ouro e a platina poderão ganhar 30 por cento neste ano se Ben Bernanke continuar a diminuir a taxa de juro em vez de controlar o nível de preços", disse Ron Goodis, à agência Bloomberg. Para este corretor de mercadorias da sociedade Equidex Brokerage Group, em Nova Jersey, "o ouro pode atingir neste ano os 1300 dólares por onça", cerca de 32 por cento acima do preço actual, 984 dólares por onça.
Como é cotado em dólares, o preço do ouro sobe sempre que o valor da moeda norte-americana desce. Dado que os cortes efectuados na taxa de juro norte-americana podem não ter sido suficientes a voltar a pôr a economia norte-americana no eixo do crescimento, os economistas estimam que o presidente da Fed desça novamente o preço do dinheiro nos EUA em Março, o que deverá impulsionar o preço do metal amarelo para novos máximos.
Para os investidores europeus, apesar de ter risco cambial, o ouro é uma boa aposta como diversificador de uma carteira, protector contra a inflação e ideal para fazer de refúgio em épocas de clima económico nebuloso. Desde 18 de Setembro de 2007, dia em que a Fed efectuou o primeiro de 5 cortes das taxas de juro, o índice accionista norte-americano Standard & Poor's 500 perdeu 19,95 por cento, enquanto o ouro "brilhou" 24,33 por cento. Isto, já tendo em conta a desvalorização do dólar face ao euro. Joaquim Madrinha

Abrilhantadores
Com os retornos das acções e das obrigações ofuscados pela conjuntura económica, o ouro é o investimento mais brilhante do momento.
Fundo Rendibilidade
12 meses
Onde comprar
Merrill Lynch World Gold 31,36% ActivoBank7, Banco Best, Deutsche Bank, Millennium bcp
iShares Comex Gold Trust* 23,60% Bolsa de Nova Iorque
streetTracks Gold Trust*
23,50% Bolsa de Nova Iorque
DWS Invest Gold & Precious Metals 21,20% ActivoBank7, Banco Best
Fonte: Bloomberg. Valores em euros líquidos de impostos. *Fundos cotados (exchange-traded funds). 29 de Fevereiro 2008
tags: , ,
2 comentários:
De Hugo a 4 de Março de 2008 às 22:14
Concordo plenamente

Contudo o fundo DWS investe investe nas empresas que comercializam este metal,
Não estará tambem este fundo sujeito à alta volatilidade descendente actual dos mercados?

O fundo DWS Invest Commodity Plus NC Acc não poderá ser tambem uma muito boa opção?
De Carteira.pt a 6 de Março de 2008 às 12:09
As empresas do sector aurífero até podem sofrer alguma volatilidade com a actual depressão dos mercados accionistas, mas como são avaliadas pelos seus activos – as reservas de ouro –, sempre que o preço do metal
precioso subir, os preços das acções irão acompanhá-lo. No entanto, se pretender expor-se somente ao metal amarelo, opte pelo fundo cotado streetTracks Gold Trust, que investe directamente em ouro.
Quanto ao DWS Commodities Plus, talvez não seja a melhor opção para ganhar com a valorização do ouro, uma vez que investe também noutras matérias-primas, como petróleo. Assim, ao optar pela "porta" dos fundos, escolha o Merrill Lynch World Gold Fund. Investe em acções, mas é um fundo puro do sector aurífero.
Joaquim Madrinha

Comentar post

Pesquisa Carteira

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags