Quarta-feira, 12 de Março de 2008

IRS: Dê a quem quiser

Se não anda muito satisfeito com a forma como o Estado gasta o dinheiro dos seus impostos, saiba que, ao entregar a declaração do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS), pode consignar 0,5 por cento do imposto liquidado a favor de uma comunidade religiosa, uma instituição particular de solidariedade social ou uma entidade de utilidade pública à sua escolha.
O processo não tem qualquer custo. Por exemplo, se ao efectuar o cálculo do IRS, o sujeito passivo tiver um valor de 5000 euros na parcela de imposto liquidado e 6000 euros de retenções na fonte e decidir doar 0,5 por cento do imposto a pagar, o Estado retirará o valor consignado ao valor liquidado (25 euros) e entregá-lo-á à instituição escolhida pelo contribuinte. Ou seja, mesmo após a doação, o contribuinte recebe sempre a diferença entre as deduções à colecta e o valor liquidado, 1000 euros, neste caso.
Para o fazer, o contribuinte terá apenas de preencher o quadro 9 do Anexo H e indicar o tipo de entidade e o seu número de contribuinte. Aqui ficam algumas sugestões. Acrescente a sua sugestão (incluindo o número de contribuinte) nos comentários. Joaquim Madrinha

Ajude-as
Dirija parte do seu imposto para a ajuda dos outros
Entidade Número de contribuinte Missão
Acreditar 503571920 Tratar a criança com cancro e não só o cancro na criança
Associação Cais 503404756 Melhorar as condições de vida de pessoas sem casa
Associação ERID 506993434 Promover a economia social e todas as manifestações de solidariedade social
Fundação S. João de Deus 507807987 Auxiliar os doentes e os mais carenciados
Liga Portuguesa contra as Doenças Reumáticas 501684107 Auxiliar todos os que sofrem de doenças reumáticas
Liga Portuguesa contra o Cancro 500967768 Promover a prevenção primária e secundária do cancro
4 comentários:
De Desconhecido a 14 de Março de 2008 às 20:51
que tal a oikos

http://www.oikos.pt/
De Anónimo a 13 de Março de 2008 às 16:39
Que tal o Chapitô? Contribuinte: 501395458. Site: http://www.chapito.org/.
De Hugo a 12 de Março de 2008 às 23:37
OK
Concordo plenamwente com este post, podemos todos ajudar indirectamente com os nossos impostos várias instituições que ajudam milhares de pessoas.
Contudo porque que é que só estão referenciadas meia duzia? existem muitas outras que desempenham papeis na sociedade tão importantes como as referenciadas.
Percebo que não se possa incluir todas no blog, mas suscita duvidas o porque de apenas estas.
De Carteira.pt a 13 de Março de 2008 às 16:47
Se quiser contar quantas instituições particulares de solidariedade social é que há pode descarregar o seguinte ficheiro (que tem quase 1 megabyte):
http://195.245.197.202/preview_documentos.asp?r=17716&m=PDF
Depois some-lhe as entidades religiosa e as entidade de utilidade pública. Quanto tiver a lista toda, se quiser, pode publicá-la aqui. Ou, então, dê-nos a sua meia dúzia preferida.

Comentar post

Pesquisa Carteira

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags