Sábado, 29 de Março de 2008

Obrigações vacinadas contra “subprime”

Uma seringa no subprimeA propagação mundial aos mercados de capitais desta espécie de vírus chamado subprime está a levar os fundos de acções ao tapete. Entre as várias centenas de fundos de investimento em acções à venda em Portugal, não há um único com desempenho positivo no último ano. No entanto, dada a periclitante conjuntura económica, este comportamento até deve ser considerado normal. Afinal, trata-se de  fundos com risco elevado, expostos à volatilidade dos mercados accionistas onde investem. O que não é normal é um fundo como o Millennium Obrigações Mundiais perder quase 7 por cento no último ano, quando trata-se de um fundo  pertencente à classe de fundos de obrigações de taxa indexada, conhecida pelo baixo risco e pelos seus retornos próximos das taxas de juro de curto prazo. Isto sim, é uma razão forte para pôr um investidor conservador fulo.
O caso do fundo da gestora do banco Millennium bcp é o mais grave, mas não é o único. Como o vírus subprime deriva de um problema no mercado de crédito, todos os fundos da classe de taxa indexada euro foram mais ou menos infectados. Dos 24 fundos nacionais existentes, somente metade está em terreno positivo e nenhum regista uma taxa de rendibilidade próxima da taxa de inflação, o que coloca um sério desafio aos investidores mais avessos ao risco. Se procura um fundo de investimento pouco arriscado e resistente ao vírus subprime, os 3 fundos patentes na tabela seguinte podem ser a profilaxia ideal para os seus investimentos. Joaquim Madrinha

Vacinados
O desempenho destes fundos são um bons exemplos de resistência à virose "subprime" que está a afectar o mercado obrigacionista
Fundo Comentário Onde comprar
DB Platinum IV  Sovereign Plus R1c Investe maioritariamente em obrigações de dívida pública. Porém, os 12 por cento de rendibilidade em 2007 deve-se, em parte, à exposição em matérias-primas, que pode pesar até 30 por cento na carteira
ActivoBank7, Banco Best
BPI Euro Taxa Fixa É praticamente imune a qualquer praga que afecte os mercados. No último ano, rendeu 4,78 por cento e desde que foi comercializado, em Abril de 1993, regista ganhos anuais de 5,89 por cento ActivoBank7, Banco Best, Banco BPI, BPI, Banco Big
Pimco Global Real Return HE
Aposta em obrigações de taxa indexada à inflação, uma classe de títulos de dívida que tem sido estimulada pela subida da inflação,  valendo-lhe uma rendibilidade de 6,64 por cento nos últimos 12 meses ActivoBank7, Banco Best

Pesquisa Carteira

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags