Quarta-feira, 9 de Abril de 2008

4 acções insensíveis ao “subprime”

Se a crise no mercado de crédito hipotecário norte-americano de alto risco e o aumento da volatilidade nos mercados accionistas lhe têm perturbado o sono, que tal adicionar alguma calma ao seu portefólio de acções?
Não é fácil encontrar títulos insensíveis à actual crise. No entanto, existem empresas que, devido à natureza do seu negócio, estão a passar incólumes ao aumento da volatilidade nos mercados accionistas. Em Portugal, a Brisa é uma delas. A 3 meses e a 1ano, a concessionária nacional de auto-estradas regista a menor taxa de volatilidade do índice nacional, o PSI 20. Porquê? É simples. Além de pagar uma generosa taxa de dividendo, o negócio da Brisa produz elevados fluxos de caixa e pouco ou nada tem a haver com o crise no subprime.
Todavia, é no sector do consumo que se encontram as acções mais zen do momento. Veja-se os títulos da tabaqueira Altria, que pouco mexeram desde o início do ano. Alguns dos clientes da empresas até poderão deixar de fumar por motivos de saúde, mas não devido à crise financeira que está a abalar o mundo. Pelo contrário, os nervos até fomentam o tabagismo.
Se a Altria lhe levanta problemas de ética, a alternativa pode chamar-se Johnson & Johnson, na qual Warren Buffett investiu recentemente 6 milhões de euros, ou a Kellogg Company. Por dura e longa que seja a crise, dificilmente as pessoas deixarão de cuidar da higiene pessoal ou de tomar o pequeno-almoço. Joaquim Madrinha

Resistentes
As acções de empresas com negócios não relacionados com a actividade financeira são mais resistentes à crise do subprime
Empresa Rendibilidade
12 meses
P/L Taxa de dividendo Bolsa
Brisa -3,05% 20,51 3,01% Lisboa
Altria -11,99% 4,88 13,72% Nova Iorque
Johnson & Johnson -5,48% 15,98 2,50% Nova Iorque
Kellogg Company -11,07% 19,99 2,31% Nova Iorque
Fonte: Bloomberg. Valores em euros. P/L = preço/lucros de 12 meses por acção. 8 de Abril de 2008

Pesquisa Carteira

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags