Sexta-feira, 11 de Abril de 2008

Corte no intermediário

Paulo Pires, uma das caras do AccumulatorFoi com alguma pompa e circunstância que a segurada Axa lançou o Accumulator Evolução, um seguro de capitalização indexado à performance de fundos de investimento. O Accumulator investe por si em vários fundos, seguindo uma estratégia mais conservadora ou mais agressiva, e garante-lhe o capital aplicado ao fim de cinco anos. Até celebrar os cinco anos, não há qualquer garantia, mas há liberdade de resgate.
Apesar dos muitos artigos escritos sobre o Accumulator, dificilmente o investidor interessado fica com toda a informação. Mesmo indo a uma loja Axa é preciso fazer finca-pé para conseguir um prospecto simplificado. Antes de recebê-lo fica a saber que os cabazes dos fundos ganharam entre 2,71 por cento e 11,92 por cento por ano nos últimos 5 anos. Só depois de ler o prospecto é que descobre uma comissão de subscrição de 1 por cento para aplicações até 25 mil euros e uma comissão mensal de gestão de 0,125 por cento, o equivalente a uma comissão anual de 1,49 por cento.
Depois de descontar os efeitos dos impostos e das comissões, o ganho dos cabazes oscila entre 0,69 por cento e 8,03 por cento por ano nos últimos 5 anos. Contudo, não convém esquecer que os últimos 5 anos foram muito positivos, especialmente para o mercado accionista. Não é de esperar que o forte desempenho se repita.
Será que vale a pena investir no Accumulate? A única vantagem do produto é a garantia de capital no final dos 5 anos. Porém, não vale a pena estar a pagar as comissões da Axa se sabe que é pouco provável que tenha de recorrer a essa garantia. Isto é, se está a pensar apostar nas opções mais conservadoras, mais vale optar por investir directamente em fundos: é muito pouco provável que perca dinheiro e não tem de pagar as comissões. David Almas
3 comentários:
De João Veloso a 11 de Abril de 2008 às 09:53
É incrível a falta de transparência dos bancos e das seguradoras. Tentei em todo o site encontrar o prospecto do produto e não consegui. Fui a uma loja da AXA e disseram-me que não tinham.
É incrível!!! Mas esse documento não é obrigatório? Quem é que regula isso? A CMVM? O Banco de Portugal? Não se devia fazer queixa disso.
Até que enfim um site de jeito que não tem medo de dizer as verdades. Continuem com o bom trabalho!
De Anónimo a 11 de Abril de 2008 às 14:05
Que houve até festa no lançamento deste produto, houve; o seu real interesse, talvez seja bom ler atentamente o artigo da carteira; para tanta incerteza e por tão pouco também há outros produtos seguros de rentabilidades razoáveis.
De Moon a 17 de Abril de 2008 às 12:14
Sim, é um facto que existe pouca transparência nestes mercados.
Mas também é verdade que o tempo das letras pequeninas e/ou inexistentes já não é o que era...
Penso que quem regula este tipo de situações é a CMVM.
Já agora, a experiência que tive foi um pouco diferente. Entrei em contacto através do site deles e recebi algumas informações... disseram-me que o prospecto só nas lojas AXA. Dirigi-me a uma loja, na região do Algarve, e deram-me um print.

Comentar post

Pesquisa Carteira

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags