Domingo, 8 de Junho de 2008

Ases e duques telefónicos

Se na Europa há já mais de 460 milhões de assinantes de telemóvel num universo de 491 milhões de habitantes, em muitos países emergentes as conversas continuam a fazer-se pessoalmente. Brasil, China ou Rússia têm ainda taxas de penetração das empresas telefónicas muito abaixo das dos mercados desenvolvidos. Enquanto que em Portugal há mais de um telemóvel por pessoa na China ainda existe apenas um por cada 3 habitantes e no Brasil, há um telemóvel para cada 2 dos 191 milhões de brasileiros.
O cabaz de compras que reúne empresas de telecomunicações europeias da JPMorgan inclui alguns dos nomes com forte exposição aos mercados fora da Europa, especialmente os emergentes. A casa de investimento norte-americana destaca a espanhola Telefónica como a principal aposta e a holandesa KPN entre as empresas acessíveis aos portugueses.
A Telefónica tem beneficiado da exposição à América Latina, segundo a JPMorgan, em países como o Brasil, a Colômbia e a Argentina, mas o Leste Europeu e a posição na China reforçam ainda mais a aposta na empresa que também tem visto os seus activos na Europa valorizarem-se.
Mais a norte, a KPN deverá ter no mercado nacional o seu maior trunfo, com o controlo dos custos e o cenário macroeconómico da Holanda a jogarem a favor da empresa, mas também poderá tirar partido de mercados externos. O grupo, que se reparte em serviços telefónicos, televisivos e de internet, deverá ser bafejado pelo desempenho da E-Plus na Alemanha, uma das empresas que detém na Europa.
Se estas são 2 das apostas da JPMorgan, que não tem no baralho de compras a portuguesa Portugal Telecom, também há duques para deitar na próxima vasa. A Zon Multimédia e a Telecom Italia são as próximas cartas que deveria despachar, já que, no caso da empresa portuguesa, os analistas consideram difícil crescer no número de clientes depois da resposta forte da Portugal Telecom com o novo serviço de triple play. Nuno Alexandre Silva

Boas e más chamadas
A JP Morgan aposta forte na espanhola Telefónica e não tem na lista de compras a portuguesa Portugal Telecom
Empresa
Potencial de valorização
Bolsa
Recomendação de compra
Telefónica
34%
Madrid
KPN
28%
Amesterdão
Recomendação de venda
Zon Multimédia
1%
Lisboa
Telecom Italia
12%
Milão
Fonte: JPMorgan. Potencial de valorização face ao preço de 29 de Maio de 2008

Pesquisa Carteira

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags