Terça-feira, 10 de Junho de 2008

Poupe mais de 310€ em combustível

Não há dúvida que os transportes públicos são a opção mais económica nas viagens do dia-a-dia. Porém, são bastante limitados: é preciso ficar à espera, a frequência é muito reduzida fora dos horários de pico e perde-se muito tempo nos percursos. Se não quer perder tempo mas também não quer gastar muito mais dinheiro, opte por uma moto: é rápida no trânsito e barata no consumo.
Veja o exemplo de uma trabalhador que vive em Queluz, a 15 quilómetros do seu trabalho em Lisboa. O passe intermodal custa 46,10 euros por mês, o que representa um custo superior a 2750 euros em 5 anos, se os preços permanecerem. Se esse trabalhador comprar uma Yamaha Virago por cerca de 900 euros (veja em baixo) e pagar menos de 80 euros de seguro por ano, o custo total ao fim dos 5 anos andará em torno dos 3650 euros, se o preço dos combustíveis estabilizar. Os ganhos em qualidade de vida (percursos mais rápidos e disponibilidade de transporte fora das rotas dos transportes públicos) mais do que compensam a diferença de 180 euros por ano.
Não pense que um carro é igualmente barato. Um super-económico Prius (que consome 5 litros por 100 quilómetros em percurso urbano) representa um gasto anual superior em 310 euros face à Virago num percurso diário de 30 quilómetros. E, provavelmente, o seu carro não se fica pelos 5 litros. Se pondera andar em 2 rodas, conheça as sugestões mais económicas da Carteira. David Almas
 
Honda Zoomer 50Honda Zoomer 50
Consumo: 2,75 litros/100km
Preço nova: cerca de 2300€
A Honda despiu completamente a Zoomer para poupar na gasolina e no ambiente. Graças a isso, esta máquina pesa 84 quilos, permitindo que consuma menos de 3 litros por cada centena de quilómetros. Se percorrer 6 quilómetros por dia, basta encher o depósito com 7 euros de gasolina por mês.
 
Yamaha Virago XV 250Yamaha Virago XV 250
Consumo: 3,00 litros/100km
Preço usada: desde 900€
A Virago 250 é a moto com mais de 125 centímetros cúbico alguma vez fabricada que menos bebe, segundo a revista francesa Moto-Station. Para comprá-la terá de recorrer ao mercado de usados. Além de poupada na estrada, também é económica na seguradora. Um condutor de 30 anos com carta há 5 anos que nunca teve acidentes paga 77 euros por ano na Logo por uma Virago de 1992.
 
Yamaha YBR 125Yamaha YBR 125
Consumo: 3,13 litros/100km
Preço nova: cerca de 2340€
Preço usada: desde 1900€
É um clássico que continua a produzir-se e a vender-se massivamente, em particular nos mercados emergentes, como a China e o Brasil. Uma alternativa semelhante é a Honda CG 125: consome 3,17 litros por centena de quilómetros, nova custa cerca de 2600 euros e usada encontra-se por 1550 euros. Ambas são fáceis de conduzir e são reconhecidas por muitos condutores, já que são amplamente usadas pelas escolas de condução.
 
BMW F650 GSBMW F 650 GS
Consumo: 4,48 litros/100 quilómetros
Preço nova: cerca de 7900€
Preço usada: desde 3000€
Se quer mais potência porque não anda apenas na cidade, avance para uma moto BMW. O fabricante alemão desenvolve os motores mais económicos nos veículos com mais de 500 centímetros cúbicos. A F 650 GS é um sucesso, embora custe cerca de 7900 euros.
1 comentário:
De Ricardo a 22 de Junho de 2008 às 13:04
Também não é má esta sugestão:

1. Comprar vs. alugar
Antes de se deixar seduzir pela publicidade ao carro “mais equipado” ou “mais prático”, pondere seriamente se precisa mesmo de comprar um carro, que pode ser mais um luxo do que uma necessidade. Se, por exemplo, comprar um carro por 25 mil euros, com um seguro anual de 400 euros, isso quer dizer que gasta todos os dias 11,4 euros com o carro, sem contar com o combustível e assumindo que o vende ao fim de cinco anos por um valor residual equivalente a 25 por cento do preço de compra. Por outro lado, se alugar um carro ligeiro (www.interrent.com) pode gastar apenas 6,99 euros por dia, desde que não faça mais de cem quilómetros por dia. A poupança pode ser ainda maior caso opte por um carro de dois lugares (www.s2rent.net), pode alugar um Smart por um euro por dia, durante quatro dias. Pode poupar 1.609€ num ano.

Extraido de www.saldopositivo.cgd.pt

Comentar post

Pesquisa Carteira

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags