Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

Deixe os Dividendos Florir

É bom quando a árvore fica carregada de dividendos. Foto: MexicanwaveMesmo quando o mercado pressiona a cotação das suas acções para baixo, é possível que, no fim das contas, consiga contabilizar algum ganho. Para isso, deve investir em empresas de olho nos dividendos. A distribuição dos lucros das empresa pelos accionistas tem a vantagem de atenuar as perdas em momentos menos bons do mercado e de gerar boas mais-valias no longo prazo. "De 1871 até 2003, 97 por cento da acumulação total do investimento feito em acções, depois de lhe descontar a inflação, veio da capitalização dos dividendos", revela Jeremy Siegel, professor de Finanças da Universidade da Pensilvânia e autor do livro "The Future For Investors". Por isso, face às condições de perdas de dois dígitos registadas desde o início do ano pelos principais índices europeus, a Carteira foi à procura de empresas que não só pagaram bons dividendos em 2007, como apresentam boas perspectivas para que venham a manter uma política de distribuição de lucros vantajosa para os accionistas em 2008.
Entre as mais benevolentes para este ano encontra-se uma empresa nacional, a Portugal Telecom. Com uma taxa de dividendo de 5,56 por cento em 2007, que resultou de um dividendo bruto de 0,478 euros por acção, os especialistas estimam que essa taxa se mantenha em 2008. Luís Leitão

Generosas
Apesar das perdas provocadas pela crise dos EUA, os bolsos dos accionistas de bancos e de seguradoras deverão ser os mais recheados em 2008
Empresa Taxa de dividendo Sector
Fortis 8,54% Banca
Barclays 7,24% Banca
ING Groep 7,22% Banca
Deutsche Telekom 5,28% Telecomunicações
Aviva 5,52% Seguros
Portugal Telecom 5,55% Telecomunicações
France Télécom 5,19% Telecomunicações
3 comentários:
De Archy a 4 de Fevereiro de 2010 às 19:45
PSI 20 highest dividend yielding stocks top 15:

http://www.TopYields.nl/Top-dividend-yields-of-PSI20.php
De Hugo a 5 de Fevereiro de 2008 às 18:27
Optimo que nos tenham dado esta informação, de facto o dividendo é um optimo atractivo para investir na bolsa, contudo nos fundos de acções, esta lógica mantêm-se?
Os dividendos são atribuidos com base em que factor? quem possui a acção à dat de fecho de ano? data da assembleia geral onde se delibera a taxa dividendo ou no dia em que é pago?
De Carteira.pt a 6 de Fevereiro de 2008 às 10:17
Nos fundos tradicionais de acções, o gestor é quem decide se quer seguir uma estratégia de dividendos. De qualquer maneira, são muito raros os fundos que distribuem dividendos aos participantes. Porém, alguns fundos cotados (também conhecidos por "exchange-traded funds", ETF ou "trackers") também seguem os dividendos. É o caso, por exemplo, do Lyxor DJ Stoxx Select Dividend 30 (disponível na bolsa de Paris), que é composto por 3 dezenas de sociedades boas pagadoras.
Quem tiver as acções na carteira véspera da data de ex-dividendo é quem recebe. A partir da data de ex-dividendo já se pode vender as acções sem se perder o dividendo. Normalmente, a data de ex-dividendo é registada 3 dias úteis antes da data de pagamento. Por exemplo, o último dividendo da Portugal Telecom foi pago no dia 18 de Maio de 2007 e a data de ex-dividendo foi registada a 15 de Maio.

Comentar post

Pesquisa Carteira

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags